04 setembro, 2006

MISSING YOU
Comecei a imaginar a situacao: e se o meu namorado fosse trabalhar em outra cidade? Ele ja "quase" foi umas 4 vezes e tentou me convencer a ir junto. Na primeira vez eu ia prestar vestibular e a cidade que ele queria morar nao tinha boas opcoes para o curso de jornalismo. Na segunda, eu estava na metade do curso e nao gostei da ideia. Na terceira, faltavam alguns poucos meses para me formar e nao valia a pena mudar de faculdade. Na ultima, eu estava trabalhando num emprego legal e nao quis trocar o certo pelo duvidoso. Em nenhuma dessas hipoteses a mudanca era inevitavel, eram apenas ideias, planos. Se isso acontecesse agora eu nao poderia me mudar de novo: desta vez nao eh o emprego que me segura, mas a pos-graduacao que esta quase acabando.
Mas eu morreria de saudade. Ja morro quando ele viaja e fica uma semana fora, imagina se mudar para longe de mim de vez?
Penso na minha amiga querida que talvez vai passar por esta situacao. Mas ja prometi para ela que nao vou deixar ela sozinha. Vou ser sempre uma companhia enquanto ela nao puder ir para la e ficar com ele de vez.
Eh sempre assim: podem acontecer mil brigas, a gente pensar que seria bom ficar um tempo longe, mas eh soh passar a primeira semana e a saudade toma conta.
Mas, o melhor de tudo eh: novos ares, novos habitos, novas companhias. Quem sabe algumas coisas nao melhoram e tudo da certo no final?

3 comentários:

Mikage Aya disse...

Ai, que coisa.
Minha situação é um pouco parecida, só que a distância é menor.
Nossa amiga também pode contar comigo!

Adele disse...

Ai gente, complicado né!

Aceito a ajuda!


E Chele, tu é meu xuxu, não esquece!

Rochele disse...

Não esqueço não querida.
Mil abraços para ti.
E ter namorado distante é foda.