02 outubro, 2007

Dublagens

Quatro anos de faculdade aprendendo a fazer voz mais adulta, 01 ano inteirinho apresentando um programa (dois na verdade) na rádio comunitária da UCS, com voz bonita e português correto.
E agora me pedem para fazer voz de quiança? Minha voz é super infantil, mas nunca imaginei que isso um dia pudesse ser usado em meu favor. Já tenho cara de mais nova e voz de adolescente. Além disso, coisas desconhecidas me dão pânico, pavor, muito medo mesmo.
O seu Tchuky que me convidou, aceitei receosa (eu sempre tenho receio). No meio da tarde combinamos a hora e lá pelas 18h recebi o texto. Dei uma boa lida em casa. De noite fui para o estúdio. Durante a gravação só estaríamos em 4 lá. Beleza pensei comigo (hummm, mas será mesmo que era tão bom assim ??? Parecia que a pressão era maior.)
Grava, não ficou bom, regrava, regrava, regrava, regrava. Ficou tudo com eco, mas não ficou tão ruim. Mesmo os manhê, paiê de menina mimada ficaram no mínimo engraçados. Acabou as frases da Mel (sim, agora sou a Mel). É a vez do menino, gritos, muitos gritos (é que o menino fala gritando mesmo, coisa de homem isso).
No final, ouvimos tudo junto, para variar detestei minha voz, mas achei muito interessante fazer isso. Ninguém viu minhas mãos tremendo e por isso mesmo que não as tirava do bolso. Nem adiantava pedir.
Quem diria que acharia legal gravar uma coisa diferente, fazendo voz de menininha. Mas gostei, achei divertido e o público (os 3 meninos que estavam lá, todos conhecidos por sinal) foi bem receptivo, ou bem falso, ainda não descobri.
Tomara que dê certo, prometo melhorar. Quem sabe treino um pouco dicção de pré-adolescente e invento umas gírias. Se der vou ser mais algumas vezes Mel.

8 comentários:

Paulo disse...

Que legal! Mas agora fiquei curioso, quero ouvir a Mel!!!
Bjo!

Karina disse...

Nossa, deve ser mto legal fazer dublagem.
Eu e meu namorado qdo saímos a lugares públicos, escolhemos um casal e de longe ficamos conversando como se fossem eles, inventamos o texto à partir dos gestos e feições das pessoas.
Pode parecer esquisito mas é mto ilário. (hummm...idéia para um post...hehe).
Ah, e eu também fiquei curiosa para ouvir a Mel.
Bjos

Adele Corners disse...

Rá! Me disseram que te gostaram... vamos torcer pra que seja aprovado!

Aposto q ficou ótimo, tu q é muito autocrítica.


Bjsssssssssss

Suani Campagnolo disse...

sim Chele... sai bem cedinho e sem avisar ninguem...perdi o norte, o rumo, a voz, tudo!

voz de quiança?
eu quero saber o que ééééé

laine. disse...

e eu 'temém" quero..

um desafio ne?
é tri bom isso...desafiar a si mesmo é o truque da descoberta.

bjos bjos

Grasi disse...

Ai que tri!
Quero ouvir a Mel!
E se precisarem de uma voz de um homem tipo pavaroti me chamem!
Hahahahaha

Bjão*

Paulo disse...

Post pra ti no meu blog! :D

Karina disse...

Dei uma espiadinha no blog do Paulo aí de cima (curioso é f***) e ví a homenagem que ele fez pra vc...que chiqueeee!!!
hauahuahauha.
Tenho acompanhado sua coluna e só queria dizer que vc está se saindo mto bem.
Parabéns mais uma vez e boa sorteeee!!!!
Bjos