09 outubro, 2007

Tempo

É bom não ter muito tempo sobrando. Assim eu chego em casa de noite cansada e não percebo milhões de coisas que ando deixando de lado. Não postei nada no blog, não retribui o depoimento da Su e nem escrevi um para Gázi. Não mandei e-mail para Cíntia, não liguei para ver se minha vó tá bem. Não sobra tempo para ler novo e ter algo para escrever no Armazém (apenas reciclar leituras de meses atrás), nem ler os blogs dos amigos dá. Não curto tanto a Mia e o Tiago como deveria. A casa então nem se fala, está limpa, mas bem bagunçada e a pilha de roupas para passar só aumenta. Nos findis loto a agenda de novo, ai não vejo os filmes que estão estreando na TV e muito menos no cinema.
A Feira do Livro vai ter que esperar mais um pouco, talvez na semana que vem...
Ano passado eu era “um pouco” desempregada. De manhã ficava em casa e a tarde ia para o trabalho. Ai parecia que as horas se arrastavam, não passavam. Este ano em compensação quando me dei conta já era outubro, já está quase na hora do casamento da prima (que parecia muito distante), e daqui a pouco começa 2008.
Enquanto a minha falta de tempo é produtiva vale a pena, caso se torne estressante e me fizer deixar de lado coisas importantes é hora de repensar. (mas também dá uma saudade de quando era mais nova e das tardes preguiçosas comendo bolacha recheada e vendo tv...)

6 comentários:

Karina disse...

Pois é...vida de gente famosa é assim msm, cheia de colunas para escrever, dublagens para fazer...kkkkkkkk.
Trabalhar demais às vezes cansa, mas é bom qdo é divertido e vc parece se divertir, então desfrute!!

PS: só não deixe acumular roupa pra lavar (conselho de amiga que já ficou sem meias por causa disso).

Bjos

Suani disse...

nem me fala em casa atrolhada de coisas.
to com meu estress a mil, preciso ir no plantao tomar um soro pra ver se melhoro e nem pra isso tenho tempo...e o que me deixa pior é que a tendencia e so piorar.
ai ai ai

e nem te preocupa em retribuir nada, não é preciso.

mil beijos

Paulo disse...

Enquanto estiver divertindo e não influenciar nas coisas realmente importantes, está valendo!
Putz! Fiquei com saudades da minha época de bolacha recheada na frente da TV...
Beijos!

Adele Corners disse...

Fica calma. É só casar que passa.

hehehehehhehehehehehe

Grasi disse...

Pra mim o dia podia ter 30 horas e eu não conseguiria fazer tudo o que tenho que fazer...
Graças a Deus minha mãe [ainda] lava minhas roupitchas!
=DDD
Saudade da época que ficava no sofá comendo bolachinhas e vendo tv... sim muitas... todos os dias... especialmente quando chove!
O pior ainda é sair da cama de manhã sabendo que o dia tá só começando...
Ai ai preciso de férias!!!
=DDD
Bjão****

GAZIELA cravo e canela disse...

Depoimento p Gáziii sim sim!!! hehehe
bjo goria